domingo, 20 de setembro de 2015

Abrigos: Abrigo do Pica-pau

Abrigo do Pica-pau no Parque Ambiental do Alambre.

No Parque Ambiental do Alambre foram construídos dois abrigos para a fotografia de vida selvagem, em especial de aves. Neste local tenho passado longas manhãs, tardes e noites a fotografar variadas espécies de aves, como podem constatar na minha galeria do flickr.
Abrigo do Pica-pau no Parque Ambiental do Alambre.


O segundo abrigo foi o Abrigo do Pica-pau. Este local, diferente do local do primeiro abrigo, é rodeado de azinheiras e de medronheiros. O diferente habitat atrai espécies diferentes, e consequentemente proporciona um ambiente diferente e uma experiência diferente.

Abrigo do Pica-pau no Parque Ambiental do Alambre.

As primeiras aves a utilizarem os comedouros foram os chapins-reais e os verdilhões, mas neste momento já foram observadas mais de 10 espécies em redor deste segundo abrigo. Embora tenha menos espécies a frequentá-lo, este abrigo encontra-se no meio da vegetação o que o torna único e surpreendente. Recentemente foi fotografado um sacarrabos a alimentar-se das sementes neste abrigo.


Abrigo do Pica-pau no Parque Ambiental do Alambre.

A lista de espécies já fotografadas, em ambos os abrigos, pode ser consultada no seguinte link: Lista de Espécies. Esta lista é constantemente atualizada, à medida que as espécies são observadas ou fotografadas.


Abrigo do Pica-pau no Parque Ambiental do Alambre.

Para mais informações sobre a utilização dos abrigos podem consultar o website dos ABRIGOS no Alambre.

0 comentários:

Enviar um comentário